Iguaçu

Consideradas uma das dez maravilhas do mundo, as Cataratas do Iguaçu são formadas por mais de 275 saltos separados em cascata do alto de um desfiladeiro em forma de ferradura em um espetáculo impressionante de som e cor. As quedas se estendem ao longo da fronteira entre Argentina e Brasil, servindo como uma divisão natural entre os dois países. Mesmo que 70% das quedas estejam localizados no lado argentino, a maioria delas dá de frente para o lado brasileiro, o que é a principal razão para visitar ambos os lados. A atração principal é a "Garganta do Diabo" (lado argentino), cujo maior volume de água cai com um rugido forte, estrondoso que pode ser ouvido a milhas de distância. O entorno do Parque Nacional do Iguaçu, originalmente criado para proteger as Cataratas, abrange 450.000 acres de floresta subtropical e abriga uma grande variedade de fauna e flora. Espíritos aventureiros podem desfrutar de diferentes atividades no parque, incluindo caminhadas, mountain bike, rapel, arvorismo, escalada e rafting.

Destaques:
• A Garganta do Diabo: cachoeira mais poderosa do mundo (lado argentino)
• Passarelas: Experimente uma vista panorâmica completa dos 275 saltos (lado brasileiro) e encontre os coatis, habitantes mais populares do parque.
• Macuco Safari: passeie de barco até a borda das cataratas e aprenda sobre o Parque Nacional do Iguaçu enquanto anda em um trem especial através da floresta.
• Sobrevoo de Helicóptero: O olho de pássaro sobre a maravilha natural. Altamente recomendado.
• Represa de Itaipu: Um passeio pelo maior complexo hidrelétrico do mundo

Iguaçu

Iguaçu

Map

Quando ir: Melhor época para ver as cataratas acima do nível normal de água  é durante a estação chuvosa (novembro-fevereiro), apesar de que pode significar dias frios e tristes. A estação seca (abril a julho) é caracterizada por dias quentes e ensolarados, mas o nível da água estará bem mais baixo. Se você quer concordância, escolha março, agosto, setembro ou outubro.

Distância: De Buenos Aires:  1.280km.  De carro ou ônibus: 14 horas / De avião: 2 horas

FD CATARATAS ARGENTINAS

A partir das 7h30, os passageiros são apanhados em diferentes hotéis em Puerto Iguazú ou Foz do Iguaçu e levados de ônibus ou van para o Parque Nacional Cataratas del Iguazú, em território argentino. O passeio às Cataratas do Iguaçu e Garganta do Diabo começa a cerca de 400 metros de distância da porta de acesso ao Parque Nacional, onde está localizada a Estação Central. De lá, sai o trem que segue em direção à Estação Cataratas e à Estação Garganta do Diabo. Os visitantes podem chegar lá a pé, caminhando por cerca de 20 minutos. Da estação Garganta do Diabo  pode-se caminhar 2 quilômetros  pelas  pasarelas que levam à Garganta do Diabo. Na Estação Cataratas, a excursão a pé começa em direção ao Circuito Superior ao longo de passarelas por cerca de uma hora sem nenhuma dificuldade específica; lá, as quedas podem ser vistas de cima. No Circuito Inferior, apesar de um pouco mais difícil devido às suas inúmeras escadas, os visitantes podem ver os saltos de baixo. Este trajeto continua por escadas com inclinação profunda que levam à costa do rio, onde os barcos que cruzam a ilha San Martín são abordados.  O ingresso do barco não está incluído, mas pode ser comprados no local. Quando o passeio termina, os passageiros são levados de volta para os seus hotéis. A entrada para o parque nacional deve ser paga em moeda local.

HD CATARATAS BRASILEIRAS

Os passageiros são apanhados em diferentes hotéis em Puerto Iguazú ou Foz do Iguaçu e levados de ônibus ou van para o Parque Nacional do Iguaçu, no Brasil. O passeio às Cataratas Brasileiras começa em Foz do Iguaçu na administração do Parque Nacional a bordo de um ônibus. Durante este passeio, informações sobre o meio ambiente são fornecidas em Português, Espanhol, and inglês. Na primeira parada, os visitantes podem fazer o passeio "Macuco Safari" (opcional não incluído), localizado no Km. 25 na estrada para as Cataratas dentro do Parque Nacional do Iguaçu, aonde os visitantes vão em vans abertas e desfrutam de uma vista geral do cenário natural: orquídeas, palmeiras, bromélias e árvores centenárias, além de animais silvestres que ocasionalmente cruzam o caminho. O ônibus continua em direção às Cataratas para estar ainda mais perto da natureza e ver as vistas mais impactantes. Ao longo de um 1,2Km com escadas de dificuldade média, vários pontos de observação estão disponíveis para o visitante observar os diferentes saltos até chegar à principal atração: a Garganta do Diabo de 80 metros de altura. Também se pode ir caminhando até Puerto Canoas.Uma vez terminado o passeio, os passageiros são levados de volta para os seus hotéis. A entrada para o parque nacional deve ser paga em moeda local.

FD RUINAS DE SAN IGNACIO

As Ruínas Jesuíticas de San Ignacio Mini foram declaradas pela UNESCO como Patrimônio Mundial da Humanidade em 1984 e constituem  uma verdadeira jornada ao início da colonização e conquista do Novo Mundo.Saindo de Puerto Iguazu e a apenas a 45 Km, chegamos à cidade de Wanda onde podemos apreciar as minas de pedras preciosas e semi-preciosas. Durante esta visita guiada, pode-se visitar a pedreira e ver cristal de quartzo, ametista, topázio e ágata em seu estado "natural". Há uma loja para comprar pedras esculpidas e jóias. O passeio continua pela Rodovia 12, passando por plantações de pequenos povoados até chegar às Ruínas de San Ignacio. Esta construção data do século 17, quando os missionários jesuítas estabeleceram-se na região. San Ignacio Mini foi uma das emblemáticas reduções jesuíticas na América do Sul. A excelente preservação das ruinas hoje permite ver como funcionava o projeto de converter os índios Guaranis. Também se pode observar a prova de um poderoso sincretismo religioso na arte e na ciência. O guia explicará o sistema de construção, a vida e os costumes dos índios guaranis, e como eles foram cristianizados. Esta é uma excursão que dura o dia todo.


LA GRAN AVENTURA

O Gran Aventura combina a essência do Parque Nacional lguazú: a selva e as cataratas num único passeio.
Partindo da nossa Central de Operações ou desde a Central de Visitantes, você entra na selva pela estreita trilha Yacaratiá, em unidades desenhadas para este ambiente particular. Guias bilíngues (espanhol e inglês) ajudam a interpretar as riquezas naturais e culturais do lugar. 
Este passeio de carro de 5 km termina na base florestal Puerto Macuco. Ao descer 100 metros você chega ao cais onde encontra os barcos que levam por 6 quilômetros pelo cânion do rio Iguaçu Inferior rumo às cascatas, desfrutando das corredeiras. 
Levamos você à base do Salto Tres Mosqueteros para ver o conjunto de saltos brasileiros e argentinos, com a Garganta do Diabo coroando a vista do cânion. Depois, você chega ao ponto máximo da emoção ao enfrentar o incomparável Salto San Martín, segundo em quanto à dimensão e o maior que um barco pode se aproximar.
Para finalizar, desembarcamos no cais localizado em frente à ilha San Martín, de onde você pode voltar ao sistema de passarelas, através do Circuito Inferior.  
O Gran Aventura combina a essência do Parque Nacional lguazú: a selva e as cataratas num único passeio.
Partindo da nossa Central de Operações ou desde a Central de Visitantes, você entra na selva pela estreita trilha Yacaratiá, em unidades desenhadas para este ambiente particular. Guias bilíngues (espanhol e inglês) ajudam a interpretar as riquezas naturais e culturais do lugar. Este passeio de carro de 5 km termina na base florestal Puerto Macuco. Ao descer 100 metros você chega ao cais onde encontra os barcos que levam por 6 quilômetros pelo cânion do rio Iguaçu Inferior rumo às cascatas, desfrutando das corredeiras. Levamos você à base do Salto Tres Mosqueteros para ver o conjunto de saltos brasileiros e argentinos, com a Garganta do Diabo coroando a vista do cânion. Depois, você chega ao ponto máximo da emoção ao enfrentar o incomparável Salto San Martín, segundo em quanto à dimensão e o maior que um barco pode se aproximar. Para finalizar, desembarcamos no cais localizado em frente à ilha San Martín, de onde você pode voltar ao sistema de passarelas, através do Circuito Inferior.  

VUELO PANORÁMICO EN HELICOPTERO

El vuelo panorámico en helicóptero tiene una duración aproximada de diez minutos. Este recorrido nos permite tener una visión total del cañón de las cataratas y una vista emocionante de la Garganta del Diablo, famosa por su altura de 90 metros y el inmenso volumen de agua que cae en el cañón.
La excursión en helicóptero es una experiencia inolvidable que le permitirá asistir desde lo alto a uno de los mayores espectáculos de la naturaleza y registrar su experiencia en filmaciones o fotografías únicas.