Bariloche

Localizado a 800 metros acima do nível do mar, Bariloche possui uma oferta turística muito interessante. Esta cidade, às margens do Lago Nahuel Huapi, é cercada pelos lagos Guitiérrez, Moreno e Mascardi, bem como por diversas montanhas como os montes Otto, Catedral, e Campanario (todos eles contam com meios de elevação até o topo), montes López, Capilla e o emblemático Tronador com suas neves eternas. Durante o inverno, a excelente qualidade e quantidade de neve (em algum momento até o final da temporada pode chegar a dois metros) faz com que este destino e as suas paisagens espetaculares sejam um ímã para esquiadores e snowboarders de todo o mundo. No verão, a natureza gosta de assumir o controle para desfrutar de uma ampla variedade de atividades como escalada, caminhadas, pesca de trutas, passeios a cavalo e ciclismo de montanha.

Destaques:
• Passeios panorâmicos
• Ciclismo de Montanha
• Passeios de barco
• Caminhadas
• Esquiar

Bariloche

Patagonia

Map

Quando ir: Verão: dias quentes e ensolarados, com noites frescas e pouca chuva. Devido à latitude, a luz do dia dura até quase as 22h00. Outono: dias frescos e as noites mais frias. Muitas vezes chove. Inverno: dias e noites muito frios. Chove frequentemente. Primavera: os dias começam a ficar mais longos e menos chuvosos. A temperatura sobe durante o dia e permanece fria à noite.

Distância: De Buenos Aires:  1.640 km.  De carro ou ônibus: 20 horas / De avião: 2 horas

FD PORTO BLEST & CASCATA LOS CÁNTAROS

• Duração: dia inteiro
A excursão começa em Bariloche e depois de viajar 25 km ao longo da Av. Ezequiel Bustillo chega-se a Puerto Pañuelo. Lá embarcaremos no catamarã El Cóndor e navegaremos até Puerto Blest, na costa ocidental do Lago Nahuel Huapi. Uma das atrações ao longo do caminho é a ilhota Centinela, onde Francisco Perito Moreno está enterrado. Assim que chegarmos a Puerto Blest, podemos visitar a área ou continuar por mais 3 km de ônibus e navegar durante 20 minutos no lago Frías, que se distingue pela água de cor verde muito original, desfrutando de uma vista magnífica do Monte Tronador, até chegar à aduana argentina. Ao retornar a Porto Blest, embarcamos novamente no catamarã para navegar até Puerto Cántaros, onde descemos por uma escadaria até  o lago Los Cántaros. Ao longo do caminho, pode-se admirar os diferentes saltos ao longo do rio Cántaros, que flui para o Lago Nahuel Huapi. Após a conclusão deste passeio, embarcaremos novamente para voltar a Puerto Pañuelo.
• Almoço, ingresso do Parque Nacional e opcional Lago Frías Lake não estão incluídos.

• Duração: dia inteiro.

A excursão começa em Bariloche e depois de viajar 25 km ao longo da Av. Ezequiel Bustillo chega-se a Puerto Pañuelo. Lá embarcaremos no catamarã El Cóndor e navegaremos até Puerto Blest, na costa ocidental do Lago Nahuel Huapi. Uma das atrações ao longo do caminho é a ilhota Centinela, onde Francisco Perito Moreno está enterrado. Assim que chegarmos a Puerto Blest, podemos visitar a área ou continuar por mais 3 km de ônibus e navegar durante 20 minutos no lago Frías, que se distingue pela água de cor verde muito original, desfrutando de uma vista magnífica do Monte Tronador, até chegar à aduana argentina. Ao retornar a Porto Blest, embarcamos novamente no catamarã para navegar até Puerto Cántaros, onde descemos por uma escadaria até  o lago Los Cántaros. Ao longo do caminho, pode-se admirar os diferentes saltos ao longo do rio Cántaros, que flui para o Lago Nahuel Huapi. Após a conclusão deste passeio, embarcaremos novamente para voltar a Puerto Pañuelo.

• Almoço, ingresso do Parque Nacional e opcional Lago Frías Lake não estão incluídos.


FD ILHA VICTORIA & BOSQUES DE ARRAYANES

• Duração: dia inteiro
Esta excursão pode começar em Bariloche ou em Porto Pañuelo, na península Llao Llao. Depois de navegar 30 minutos, chegamos a Porto Anchorena na ilha Victoria, onde podemos fazer diversas caminhadas. A bordo de novo, vamos em direção a Puerto Quetrihué, onde visitamos o famoso Bosque de Arrayanes, que é absolutamente único e abriga árvores centenárias. Esta floresta foi declarada área intangível e um monumento natural. A excursão termina após o regresso a Porto Pañuelo ou Bariloche.
• Almoço e ingresso do Parque Nacional não estão incluídos.

• Duração: dia inteiro.

Esta excursão pode começar em Bariloche ou em Porto Pañuelo, na península Llao Llao. Depois de navegar 30 minutos, chegamos a Porto Anchorena na ilha Victoria, onde podemos fazer diversas caminhadas. A bordo de novo, vamos em direção a Puerto Quetrihué, onde visitamos o famoso Bosque de Arrayanes, que é absolutamente único e abriga árvores centenárias. Esta floresta foi declarada área intangível e um monumento natural. A excursão termina após o regresso a Porto Pañuelo ou Bariloche.

• Almoço e ingresso do Parque Nacional não estão incluídos.


HD CERRO CATEDRAL

• Duração: dia inteiro
Seu nome originou-se da semelhança de seu cume com as torres das catedrais góticas. Cerro Catedral é um resort de ski e esportes de inverno de primeiro nível. O passeio começa na Av. Ezequiel Bustillo em direção à Llao Llao. Chegando a Playa Bonita, virar à esquerda e ir direto até chegar à estátua de Nossa Senhora das Neves e virar à direita. Depois de passar o centro de salmonicultura, chegamos à base do centro de esqui. Aqui você vai encontrar toda a infra-estrutura necessária para a prática de esqui. A partir da base há vários teleféricos que levam o visitante para as diferentes pistas de esqui. Regresso à Bariloche pela mesma estrada.
• Não inclui meios de elevação.

• Duração: dia inteiro.

Seu nome originou-se da semelhança de seu cume com as torres das catedrais góticas. Cerro Catedral é um resort de ski e esportes de inverno de primeiro nível. O passeio começa na Av. Ezequiel Bustillo em direção à Llao Llao. Chegando a Playa Bonita, virar à esquerda e ir direto até chegar à estátua de Nossa Senhora das Neves e virar à direita. Depois de passar o centro de salmonicultura, chegamos à base do centro de esqui. Aqui você vai encontrar toda a infra-estrutura necessária para a prática de esqui. A partir da base há vários teleféricos que levam o visitante para as diferentes pistas de esqui. Regresso à Bariloche pela mesma estrada.

• Não inclui meios de elevação.


FD VILLA LA ANGOSTURA & BOSQUES DE ARRAYANES

• Partida e regresso a confirmar.
A excursão começa em Bariloche na rodovia 231 e, rodeando Brazo Huemul, vistas incomparáveis nos levam a Villa la Angostura. Tempo livre para o almoço. Embarque e navegação para a Península de Quetrihue, onde visitaremos o Bosque de Arrayanes. Retorno do barco para  Villa la Angostura. Volta para Bariloche. Não inclui a entrada do parque, a navegação (opcional) para o Bosque de Arrayanes ou o almoço.
• Excursão Opcional ao Bosque de Arrayanes.
O catamarã navega do Porto de Villa La Angostura até o Bosque de Arrayanes, localizado no extremo sudoeste da península de Quetrihué. Devido às características desta área, ao norte do Lago Nahuel Huapi, a navegação é extremamente silenciosa e deixa-nos desfrutar da paisagem maravilhosa que oferecem as baías de Villa La Angostura (Balsas, Cumelén e Manzano) e a moldura da Cordilheira dos Andes. Após navegar 45 minutos, chegamos ao Bosque de Arrayanes, único no mundo pela pureza dos seus exemplares de árvores de até 400 anos, com uma altura de 25m. e um diâmetro de 1m. aproximadamente, e com sua incomparável e irrestível 
casca de cor canela e fria ao tato. Como o tour ocorre durante todo o ano, também é possível desfrutar do bosque nos dias em que a neve está presente, oferecendo um contraste de cores incomparáveis. Você vai caminhar pelas trilhas da floresta com os nossos guias profissionais, que, acima de todas as coisas, priorizam o cuidado e respeito pela natureza para preservar o nosso Parque Nacional. Eles também vão nos contar histórias interessantes sobre a área. No final do passeio, você poderá visitar a Casinha de Chá do Bosque, uma casa pitoresca construída em 1933, que nos convida a desfrutar de algo quente e delicioso e, porque não, levar uma lembrança do lugar. Sem dúvida, de volta a Villa La Angostura, você será tomado pela magia, mistério e beleza deste lugar paradisíaco preparado para sua exclusiva satisfação.

• Partida e regresso a confirmar.

A excursão começa em Bariloche na rodovia 231 e, rodeando Brazo Huemul, vistas incomparáveis nos levam a Villa la Angostura. Tempo livre para o almoço. Embarque e navegação para a Península de Quetrihue, onde visitaremos o Bosque de Arrayanes. Retorno do barco para  Villa la Angostura. Volta para Bariloche. Não inclui a entrada do parque, a navegação (opcional) para o Bosque de Arrayanes ou o almoço.

• Excursão Opcional ao Bosque de Arrayanes.O catamarã navega do Porto de Villa La Angostura até o Bosque de Arrayanes, localizado no extremo sudoeste da península de Quetrihué. Devido às características desta área, ao norte do Lago Nahuel Huapi, a navegação é extremamente silenciosa e deixa-nos desfrutar da paisagem maravilhosa que oferecem as baías de Villa La Angostura (Balsas, Cumelén e Manzano) e a moldura da Cordilheira dos Andes. Após navegar 45 minutos, chegamos ao Bosque de Arrayanes, único no mundo pela pureza dos seus exemplares de árvores de até 400 anos, com uma altura de 25m. e um diâmetro de 1m. aproximadamente, e com sua incomparável e irrestível casca de cor canela e fria ao tato. Como o tour ocorre durante todo o ano, também é possível desfrutar do bosque nos dias em que a neve está presente, oferecendo um contraste de cores incomparáveis. Você vai caminhar pelas trilhas da floresta com os nossos guias profissionais, que, acima de todas as coisas, priorizam o cuidado e respeito pela natureza para preservar o nosso Parque Nacional. Eles também vão nos contar histórias interessantes sobre a área. No final do passeio, você poderá visitar a Casinha de Chá do Bosque, uma casa pitoresca construída em 1933, que nos convida a desfrutar de algo quente e delicioso e, porque não, levar uma lembrança do lugar. Sem dúvida, de volta a Villa La Angostura, você será tomado pela magia, mistério e beleza deste lugar paradisíaco preparado para sua exclusiva satisfação.

FD SAN MARTÍN DE LOS ANDES – CAMINHO DOS 7 LAGOS

• Duração: dia inteiro
Esta excursão sai de Bariloche em direção ao norte pela Rodovia Nacional 237. Depois de percorrer 21 km, encontramos a via secundária F. Esta é uma estrada sinuosa, que margea o lago Nahuel Huapi ao norte e é cheia de belezas naturais. Depois de passar por Puerto Manzano, chegamos a Villa La Angostura. E, um pouco mais adiante, nos encontramos no Caminho de los 7 Lagos ou Estrada dos 7 Lagos; estes são: Correntoso, Espejo, Villarino, Falkner, Hermoso, Machonico e Meliquina. Finalmente, chegamos a San Martín de los Andes, às margens do Lago Lácar. A viagem de volta para Bariloche pode ser através de Paso Córdoba ou pela Rodovia Nacional 40 via Junín de los Andes e La Rinconada.
• O almoço não está incluído.

• Duração: dia inteiro.

Esta excursão sai de Bariloche em direção ao norte pela Rodovia Nacional 237. Depois de percorrer 21 km, encontramos a via secundária F. Esta é uma estrada sinuosa, que margea o lago Nahuel Huapi ao norte e é cheia de belezas naturais. Depois de passar por Puerto Manzano, chegamos a Villa La Angostura. E, um pouco mais adiante, nos encontramos no Caminho de los 7 Lagos ou Estrada dos 7 Lagos; estes são: Correntoso, Espejo, Villarino, Falkner, Hermoso, Machonico e Meliquina. Finalmente, chegamos a San Martín de los Andes, às margens do Lago Lácar. A viagem de volta para Bariloche pode ser através de Paso Córdoba ou pela Rodovia Nacional 40 via Junín de los Andes e La Rinconada.

• O almoço não está incluído.


HD CIRCUITO CHICO

• Duração:  meio dia 
O passeio começa em Bariloche pela Av. Ezequiel Bustillo, uma estrada pavimentada e sinuosa que contorna o lago Nahuel Huapi.  A altura do km 8, se encontra Playa Bonita, de onde se pode ver a ilha Huemul. Continuando ao longo desta estrada por mais 10 km, e depois de passar por algumas belas paisagens, chegamos ao pé do Cerro Campanario. Um teleférico nos leva até o topo da colina (1.050 m), de onde se pode desfrutar de uma das vistas mais impressionantes desta região:  os lagos Nahuel Huapi e Perito Moreno, a lagoa El Trébol, as penínsulas de San Pedro y Llao Llao, a ilha Victoria, os montes Otto, López, Goye, Catedral e a cidade de Bariloche, Continuando a viagem, e depois de passar pela península San Pedro, chegamos à península Llao Llao, com seu hotel  homônimo e a Capela San Eduardo na colina, duas jóias arquitetônicas desta região, e Porto Pañuelo,  ponto de partida de muitas excursões ao lago Nahuel Huapi.  Mais adiante atravesssamos um campo de golfe, cruzamos a ponte sobre o rio Angostura que une os lagos Moreno e Nahuel Huapi e passamos pela baía López, ao pé do morro do mesmo nome. Mais adiante, chegamos ao ponto panorâmico, um miradouro com uma vista magnífica do Lago Moreno e da península Llao Llao. Em seguida, atravessamos uma ponte sobre o estreito Lago Moreno, circulamos a lagoa El Trébol e, 2 km mais adiante, a altura do kilômetro 18, encontramos  novamente com a Av. Ezequiel Bustillo, por onde regressamos à cidade e fechamos o circuito.
• Não inclui meios de elevação.

• Duração: meio dia.

O passeio começa em Bariloche pela Av. Ezequiel Bustillo, uma estrada pavimentada e sinuosa que contorna o lago Nahuel Huapi. A altura do km 8, se encontra Playa Bonita, de onde se pode ver a ilha Huemul. Continuando ao longo desta estrada por mais 10 km, e depois de passar por algumas belas paisagens, chegamos ao pé do Cerro Campanario. Um teleférico nos leva até o topo da colina (1.050 m), de onde se pode desfrutar de uma das vistas mais impressionantes desta região: os lagos Nahuel Huapi e Perito Moreno, a lagoa El Trébol, as penínsulas de San Pedro y Llao Llao, a ilha Victoria, os montes Otto, López, Goye, Catedral e a cidade de Bariloche, Continuando a viagem, e depois de passar pela península San Pedro, chegamos à península Llao Llao, com seu hotel  homônimo e a Capela San Eduardo na colina, duas jóias arquitetônicas desta região, e Porto Pañuelo, ponto de partida de muitas excursões ao lago Nahuel Huapi. Mais adiante atravesssamos um campo de golfe, cruzamos a ponte sobre o rio Angostura que une os lagos Moreno e Nahuel Huapi e passamos pela baía López, ao pé do morro do mesmo nome. Mais adiante, chegamos ao ponto panorâmico, um miradouro com uma vista magnífica do Lago Moreno e da península Llao Llao. Em seguida, atravessamos uma ponte sobre o estreito Lago Moreno, circulamos a lagoa El Trébol e, 2 km mais adiante, a altura do kilômetro 18, encontramos  novamente com a Av. Ezequiel Bustillo, por onde regressamos à cidade e fechamos o circuito.

• Não inclui meios de elevação.

FD CIRCUITO GRANDE

• Duração: dia inteiro
Saindo do nosso escritório pela Rodovia Nacional 237 em direção ao norte, passando pela desembocadura do lago Nahuel Huapi e a cabeceira do rio Limay, límite geográfico entre las provincias de Río Negro ye Neuquén, e rodeando esse rio passamos pelo Anfiteatro em direção ao Valle Encantado ConfluenciaTraful, uma região de transição entre a estepe patagônica e o bosque andino patagônico. Deixamos para trás a Rodovia Nacional 237 para pegar a Rodovia Provincial 65, em direção ao oeste com destino a Villa Traful, beirando o rio Traful até chegar a uma varanda natural, chamada Piedra del Viento, com uma imponente vista do lago Traful. A estrada continua margeando o lago, passa por Villa Traful e segue para Porto Arrayanes. Dalí, continuamos viagem por um caminho ascendente arborizado até El Portezuelo (940 m s.n.m) onde se pode encontrar o Caminho dos Sete Lagos que vai para o sul e circunda os lagos  Correntoso, Bailey Willis e Espejo. Finalmente tomamos a Rodovia Nacional 231 em direção a Villa La Angostura. A partir daqui, existe uma navegação opcional para o Bosque de Arrayanes. Quando continuamos a nossa viagem, chegamos ao Lago Nahuel Huapi mais uma vez e retomamos a Rodovia Nacional 237 com destino a Bariloche.
• Almoço, ingresso do Parque Nacional e navegação (opcional) ao Bosque de Arrayanes não estão incluídos.

• Duração: dia inteiro.

Saindo do nosso escritório pela Rodovia Nacional 237 em direção ao norte, passando pela desembocadura do lago Nahuel Huapi e a cabeceira do rio Limay, límite geográfico entre las provincias de Río Negro ye Neuquén, e rodeando esse rio passamos pelo Anfiteatro em direção ao Valle Encantado ConfluenciaTraful, uma região de transição entre a estepe patagônica e o bosque andino patagônico. Deixamos para trás a Rodovia Nacional 237 para pegar a Rodovia Provincial 65, em direção ao oeste com destino a Villa Traful, beirando o rio Traful até chegar a uma varanda natural, chamada Piedra del Viento, com uma imponente vista do lago Traful. A estrada continua margeando o lago, passa por Villa Traful e segue para Porto Arrayanes. Dalí, continuamos viagem por um caminho ascendente arborizado até El Portezuelo (940 m s.n.m) onde se pode encontrar o Caminho dos Sete Lagos que vai para o sul e circunda os lagos  Correntoso, Bailey Willis e Espejo. Finalmente tomamos a Rodovia Nacional 231 em direção a Villa La Angostura. A partir daqui, existe uma navegação opcional para o Bosque de Arrayanes. Quando continuamos a nossa viagem, chegamos ao Lago Nahuel Huapi mais uma vez e retomamos a Rodovia Nacional 237 com destino a Bariloche.

• Almoço, ingresso do Parque Nacional e navegação (opcional) ao Bosque de Arrayanes não estão incluídos.