Salta

A Argentina Andina é uma região de rica herança autóctone. Sua bela paisagem inclui canyons profundos, impressionantes paisagens de deserto de areia e cactos e formações rochosas únicas. Salta (população de 370.000) apresenta uma arquitetura colonial perfeitamente preservada e é o centro cultural da região. São populares as excursões diárias para visitar as aldeias indígenas vizinhas, as cidades coloniais, os monumentos naturais, as adegas locais e o passeio no Trem das Nuvens (sábados, de abril a outubro), uma das estradas-de-ferro mais altas do mundo. A cidade de Salta ainda tem uma atmosfera nitidamente hispânica, uma linha do horizonte urbana ressaltada pela arquitetura colonial de seus edifícios originais e igrejas, que também influenciaram construções mais modernas como, por exemplo, a praça principal, um monumento encantador ao estilo neocolonial. Nas ruas da parte antiga da cidade, estão as antigas casas da Andaluzia com os seus telhados, paredes caiadas de branco e varandas de ferro forjado iluminadas por gerânios escarlates e fúcsias.

Destaques:
• Parques Nacionais: excursões a parques nacionais nas proximidades com formações naturais espetaculares, sítios arqueológicos e aldeias indígenas pré-históricas.
• Rotas do vinho: A região está se tornando um dos produtores emergentes de vinho da Argentina.
• Trem das Nuvens: Um passeio de trem fascinante em uma das mais altas ferrovias do mundo.
• Trekking no deserto

Salta

Salta

Map

Quando ir

Salta enjoys a balmy weather year ‘round
with temperatures averaging 72F.
Salta goza de um clima ameno durante todo o ano com temperaturas médias em torno de 22ºC.


Distância

De Buenos Aires: 1.485 km. De carro ou ônibus: 17 horas / De avião: 2 horas.

HD CITY TOUR

Um passeio pelos lugares de maior atrativo da cidade: a Catedral (1855) onde o General Güemes, herói da pátria, repousa; o Centro Cultural da América, o Museu Histórico do Norte (Câmara Municipal), com exposições de arte sacra e salas dedicadas a antigas famílias tradicionais de Salta, a Igreja de São Francisco e o Convento de São Bernardo, e o monumento ao General Güemes. Subimos o morro de São Bernardo para apreciar a vista panorâmica da cidade. Após uma visita ao Monumento da “Batalla de Salta” (Batalha de Salta) e ao parque “20 de Febrero” (20 de fevereiro), vamos para os arredores visitar uma aldeia de verão chamada “San Lorenzo”, caracterizada pelo microclima subtropical e, por último, uma visita ao Mercado Artisan onde artesãos de toda a província expõem seus artesanatos originais.

FD CAFAYATE

A viagem começa na cidade de Salta em direção ao sul, através da Rodovia 68 que atravessa o Vale de Lerma e suas cidades históricas. Chegamos a “Quebrada de las Conchas” (Quebrada das Conchas), onde as erosões eólica e hídrica esculpiram formas curiosas sobre as rochas (o Anfiteatro, a Garganta do Diabo, O Sapo, Os Castelos, entre outros). Quando chegarmos a Cafayate, visitaremos algumas vinícolas, famosas pela sua produção de Torrontes, com características especiais devido às particularidades do clima e da terra. Depois do almoço voltamos para Salta pela Quebrada de las Conchas e pelo Vale de Lerma. As tarifas não incluem refeições ou taxas de entrada.

FD CACHI

A viagem começa no Vale de Lerma até El Carril, continuando por Chicoana e adentrando pela Quebrada de los Laureles e logo pela Quebrada de Escoipe chegamos a Maray, onde se inicia a Cuesta del Obispo, estrada com curvas abundantes, de onde é possível desfrutar uma vista panorâmica do Vale Encantado e das pequenas casas com cultivo de milho e pomares. Na Piedra del Molino chegamos a 3.384 metros acima do nível do mar, o ponto mais alto em nossa viagem. Atravessaremos o Parque Nacional Los Cardones pela Recta de Tin-Tin, antigo caminho inca. Chegando a Cachi se observa uma vista panorâmica do Nevado de Cachi e Payogasta. Na cidade de Cachi, visitaremos o Museu de Arqueologia e a Igreja. Voltaremos a Salta pelo mesmo caminho. As tarifas não incluem refeições ou taxas de entrada.

FD QUEBRADA DE HUMAHUACA

A viagem sai de Salta, mas realmente começa quando chegarmos a Purmamarca, vila onde o tempo será suficiente para observar o “Cerro de los Siete Colores” (a Colina das Sete Cores), a Igreja, o Mercado de Artesanato na praça e dar um pequeno passeio pelas ruas estreitas. Continuamos em direção à cidade de Tilcara onde visitaremos o Pucará (ruínas antigas), o Museu Arqueológico e Huacalera e, então, atravessamos o Trópico de Capricórnio, de onde se pode ver as cores da Colina de La Pollera de la Coya e tomar boas fotos por causa da luz do dia. Visita à Igreja de Uquía, onde as pinturas de anjos arcabuceros (vestígio importante na zona da Escola Cuzqueña) são mantidas. A chegada à Humahuaca será ao meio-dia; esta cidade tem uma importante Igreja e o Monumento da Independência (o Índio) do escultor Soto Avendaño. Após o almoço observaremos, da estrada, La Paleta del Pintor (a Paleta do Pintor), que emoldura a cidade de Maimara. Continuamos até San Salvador de Jujuy para ver a Bandeira Municipal, a Catedral, caracterizada pelo seu púlpito esculpido em madeira e ouro, e as estátuas de Lola Mora. Finalmente, voltamos para Salta pela Rodovia Nacional 9 cercada de abundante vegetação subtropical. O último trecho é “El Abra de Santa Laura” para observar o dique de La Ciénaga, Las Maderas e Campo Alegre, e retornando a Salta por Vaqueros. As tarifas não incluem refeições ou taxas de entrada.

FD SAN ANTONIO DE LOS COBRES

Saindo de Salta, viajamos pela estrada paralela à estrada-de-ferro do Trem das Nuvens, na Quebrada del Toro, onde a paisagem é uma transição entre a vegetação densa e o aparecimento dos primeiros cactos; há vários viadutos e pontes, como o Viaducto del Toro, los zig-zag del Alisal y Chorrillo e conheceremos lugares como El Candado, El Gólgota, Alfarcito, etc. Todas solitárias, mas bonitas, paisagens de montanha. Uma vez em Santa Rosa de Tastil, podemos visitar a aldeia, o Museu Arqueológico e as ruínas pré-incaicas onde ser distinguem claramente antigas ruas e casas. Continuamos pela Finca La Encrucijada, para iniciar a subida a Cuesta del Muñano até a Abra Blanca a 4.080msnm. Chegando a San Antonio de los Cobres, não podemos deixar de visitar o Viaducto de la Polvorilla de 63m. As tarifas não incluem refeições ou taxas de entrada.

FD VUELTA POR LAS ALTURAS / SALINAS GRANDES

A viagem começa em Salta em direção às Ruínas de Tastil chegando, depois, a San Antonio de los Cobres. Após duas horas, parada para o almoço e uma breve visita à cidade. Continuamos nossa viagem ao longo da Rodovia 40 atravessando uma das áreas mais desérticas do nosso país e, já na província de Jujuy, chegamos às Salinas Grandes, onde, na imensidão da área, o sal branco brilhante convida a relaxar e tirar boas fotos. Em seguida, descida pela Cuesta de Lipan, chegando a Purmamarca, uma das cidades típicas de Humahuaca com o Cerro de los Siete Colores e o encanto das pequenas casas. Retornamos a Salta depois de uma breve visita a San Salvador de Jujuy. As tarifas não incluem refeições ou taxas de entrada.